sexta-feira, 9 de julho de 2010

ESTÁGIO DE OBSERVAÇÃO


O estágio de observação foi muito significativo e de grande aprendizado, pois, pude ver de perto a realidade da escola e compreender um pouco de cada criança ali presente, foi uma experiência riquíssima que possibilitou um aprendizado e uma reflexão a cerca da prática da professora e a prática que teria quando fosse atuar sozinha foi muito prazeroso esse período de experiência, pelo fato de poder assimilar habilidades e competências exercidas pelo professor em sala de aula e levá-las para minha regência.

A semana de observação foi pautada na reflexão a respeito das dificuldades encontradas na sala de aula e nas possíveis soluções a encontrar, por isso é importante o olhar de um professor que não deve se acomodar com as diversas dificuldades encontradas, porém, perceber nestas, o caminho para mudanças significativas, facilitando em todo o período de estágio.


O período de observação, foi realizado nos dias 22//03/2010 a 26/03/2010 , onde foram levantados dados a respeito dos aspectos físicos, pedagógicos e administrativos da escola, bem como aspectos relacionados ao corpo discente e docente.

O período de co-participação, ocorreu entre os dias, 25 e 26 de março de 2010, foi desenvolvido atividades diagnósticas de Língua Portuguesa e Matemática, visando detectar o nível de conhecimento da turma para poder aplicar o projeto de intervenção de forma satisfatória. A atividade diagnóstica foi realizada durante o período de observação, tendo como objetivo conhecer o nível da lecto-escrita dos alunos.
.
Fizemos o diagnóstico da leitura (individual com a ficha de sugestão Leitura e Compreensão). Individualmente aplicamos um questionário de reconhecimento do aluno, depois uma atividade com o objetivo de saber o nível da lecto-escrita de cada aluno. Na atividade estavam incluída questões referentes a interpretação, ao nome próprio, à escrita e leitura de palavras e frases, a relação entre imagem e palavra, a diferença entre símbolo-letra-número, a escrita de pequena história, e também uma atividade de matemática onde possibilitava ao aluno demonstrar conhecimentos lógicos matemáticos.


Assim, durante o período de observação foi evidenciado que alguns alunos encontram-se ainda não alfabetizados e com dificuldades em leitura e escrita e isso tem dificultado todo o processo de aprendizagem. Desta forma, propomos um trabalho que pudessem apropriar-se da música como um meio de desenvolvimento de habilidades tanto em interpretação e produção textual.

Durante a reunião ficou claro para todos nós, que os alunos do IERP necessitavam de um trabalho intenso com leitura e com escrita. E o nosso grupo ficou com o Projeto de Leitura, focando um dos gêneros textuais: música. Dentro desse contexto, a escolha pela temática surgiu a partir da discussão juntamente com os professores da instituição de ensino onde foi realizado o estágio.


A partir das observações e diagnósticos feitos durante os dias 25/03 e 26/03/2010, esquematizamos um quadro de cognição, com o intuito de direcionar e embasar a realização das nossas atividades durante o estágio.



O que sabemos?
 Dificuldade em reconhecer os estilos musicais;
 Alguns alunos não lêem, e tem dificuldades na escrita;
 Alguns alunos não conseguem reconhecer as letras do alfabeto.

O que queremos saber?

 Trabalhar com os estilos musicais;
 Proporcionar atividades que desenvolva o interesse na leitura e escrita;
 Identificar e diferenciar os diferentes tipos de música;
 Construção de histórias infantis;
 Trabalhar com as tipologias textuais;
 Proporcionar atividades que desenvolva o interesse na leitura e escrita;
 Identificar e diferenciar os diferentes tipos de textos: música;
 Desenvolver a imaginação através da música.

Como fazer?

 Ouvir, interpretar músicas;
 Utilização de imagens, livros com ilustrações;
 Construção de painel coletivo;
 Oficinas de músicas;
 Jogos e brincadeiras;
 Dinâmicas em grupos;
 Disponibilização de diversas musica;
 Utilizar textos e dinâmicas;
 Conversa informal;
 Trabalho em grupo;
 Promover debates e pesquisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário